sábado, 16 de julho de 2016

Obra de colagem

Exposição de João Machado [filho do Juarez Machado]

Local: Instituto Juarez Machado - Joinville - SC

Técnica utilizada: colagem

sexta-feira, 15 de julho de 2016

ClipGrab - Baixa e converte músicas e vídeos

ClipGrab é um programa free para rodar no Windows, mas tem também para Linux e é  para baixar músicas e vídeos e, disponibiliza o recurso de converter o arquivo antes de ser baixado. ClipGarb é um achado que não se encontra na superfície da web. Tem uma interface de ótima usabilidade e sem mistérios.


Site para fazer download: https://clipgrab.org/





O Aplicativo:



Como funciona: no topo da janela tem 4 abas
Busca: para procurar a música/cantor
- após escolher a música/vídeo abre-se  a aba de Download e a opção Formato do arquivo
- feito a escolha do arquivo, mesmo sendo a escolha um vídeo, mas se a opção do formato for
mp3, o Download será em mp3, portanto, um arquivo de música. Se o formato escolhido for de
vídeo, o arquivo será de imagem.








domingo, 10 de julho de 2016

A Figueira da Airosa Galvão


Não sei a idade desta figueira, mas certamente é centenária. Ela tem uma copa de aproximadamente 30m de diâmetro, o que impõe a sua sustentação de seus grandes galhos com escoras de madeira. Sua localização geográfica é nas proximidades da estrada que liga Pedro Osório a Herval, numa antiga parada de trem com o nome de Airosa Galvão. Vários conhecidos, amigos e parentes já bateram fotos sob sua majestosa sombra, entre estes incluo a mãe do autor deste blog.

Uma homenagem a Erik Arthur Blair



by Jornei Costa


Eric Arthur Blair foi jornalista, escritor, ensaísta político e com pseudônimo George Orwel escreveu duas grandes obras que marcaram a crítica política durante a Guerra Fria até os dia de hoje, uma foi A revolução dos bichos, a outra, 1984. Para quem deseja conhecer os bastidores da política criminosa e bestial, certamente encontrará amparo conceitual no conteúdo se seus dois livros. Em a Revolução dos bichos ele transcende a literatura acadêmica para explicar de modo criativo e simples como o poder e a corrupção estão atreladas, elementos marcantes na sua e na época atual. Para não ofender seus vizinhos do leste europeu em plena Guerra Fria, ele, para falar de sistemas políticos absolutistas, ditatoriais, de corrupção e enganação tem a perspicácia de fazer uma crítica incisiva e forte, se utilizando de um cenário de ficção, onde os personagens são os bichos e os patrões de uma fazendo; uma obra prima fotografada em palavras, que mais tarde vai para as telas dos cinemas.

1984, a outra obra que aqui faço referência é simplesmente cativante. Poderíamos pensar que o livro 1984 esteja focado no ano 1984. Mas, não, a obra é atemporal, pois o autor nasceu em 25 de junho de 1903 e morreu em 21 de janeiro de 1949. Esta é a grande referência literária deste escritor: ser um crítico e visionário do seu tempo e do tempo futuro. A exemplo da obra prima a Revolução dos bichos, em 1984 ele, novamente, escreve uma tratado político, onde a proposta é mostrar sistemas políticos da época em que o Estado tinha a pretensão de total domínio sobre as pessoas. Desta forma as pessoas tronavam-se indivíduos sem personalidade a serviço do Estado. Os elementos abundantes nesta obra são a força delinquente de quem tem o poder, a dominação sob pressão, corrupção, enganação, submissão e os “puxa-sacos”, ingredientes perfeitos para formar um país de zumbis.

Diferentemente de Maquiavel, ele não tinha a pretensão de aconselhar o príncipe a governar ou a dominar o principado, mas sim de mostrar os horrores vividos pelas pessoas que, dominadas pelos vendedores de ilusões através de torturas psíquica e física eliminava a perspectiva das pessoas a possibilidade do exercício da cidadania.

Lamento, pois, que leve tanto tempo para nascer Eric's, mas que bom que tive a oportunidade de conhecer parte de suas obras, um privilégio e, como não poderia ser diferente, as recomendo.